Pequenas coisas, grandes prazeres

Se há coisa que me faz sentir bem é ver um ser vivo crescer. E não, não vou fazer daqueles posts de pai orgulhoso com o crescimento notório dos filhos.

Venho-me aqui apenas vangloriar do orgulho que sinto por estar a ser tão bem sucedido (até agora!) no crescimento de duas futuramente belíssimas dálias. Futuramente, porque por enquanto ainda são só folhas e caule. Ainda na semana passada as plantei e já estão enormes! Crescem de dia para dia!

Dálias juvenis

Sim, é verdade: estou a ficar maluco. Mas enquanto isso, desfruto da sensação de acompanhar o crescimento de uma das mais belas peças de joalharia da natureza: a Dália Pompom “Franz Kafka”.